Menu fechado

Risco de demência pode aumentar significativamente em pessoas que sofrem do diabetes

RIO – Pessoas com diabetes parecem estar sob um risco significativamente alto de desenvolver demência, de acordo com um estudo publicado na última edição da “Neurology”, a revista médica da Academia Americana de Neurologia.
– Nossa descoberta enfatiza a necessidade de considerar o diabetes como um fator de risco potencial para demência – disse o autor do estudo, Yutaka Kiyohara, da Universidade Kyushu, em Fukuoka, no Japão. – O diabetes é uma desordem comum, e o número de pessoas com esse problema aumentou nos últimos anos em todo o mundo. Controlar o diabetes agora é mais importante do que nunca.
Pessoas com diabetes eram mais propensas a desenvolver a doença de Alzheimer e outros tipos de demência, como demência vascular, que ocorre quando há um dano nos vasos sanguíneos que, eventualmente, privam o cérebro de oxigênio.
Para o estudo, um total de 1017 pessoas que com 60 anos ou mais passaram por teste de tolerância à glicose (açúcar) depois de uma noite em jejum para determinar se eles tinham diabetes. Os participantes do estudo eram monitorados por uma média de 11 anos e depois testados para demência. Durante o estudo, 233 pessoas desenvolveram demência.
A pesquisa descobriu que pessoas com diabetes são duas vezes mais propensas a desenvolver demência que pessoas com níveis normais de açúcar no sangue. Das 150 pessoas com diabetes, 41 desenvolveram demência, comparadas com 115 das 559 pessoas sem diabetes que desenvolveram demência.

Fonte: O Globo

Post relacionado

Deixe uma resposta