Menu fechado

População é sensibilizada para o perigo das Hepatites

A ação distribuiu material informativo sobre a doença e vacinou o público-alvo, que são jovens menores de 30 anos e profissionais da área de estética

O dia 28 de julho é lembrado como Dia Mundial de Combate as Hepatites Virais. A Secretaria de Estado da Saúde (SES), através da Diretoria de Vigilância Epidemiológica, em parceria com a Secretaria de Saúde de Aracaju, mobilizou a população no Shopping Riomar com um estande montado em local estratégico para chamar a atenção do público que ali passava.

A ação, que ocorreu entre 10h e 22h, da última quinta-feira, distribuiu material informativo sobre a doença e vacinou o público-alvo, que são jovens menores de 30 anos e profissionais da área de estética (tatuadores, manicures e profissionais de salões de beleza em geral), bem como profissionais do sexo, contra a hepatite B.

De acordo com a coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Sândala Teles, a vacina contra a hepatite B faz parte da rotina de vacinação das Unidades Básicas de Saúde (UBS) e é aplicada em três doses. “Após a primeira dose, a pessoa deve procurar uma UBS com trinta dias para tomar a segunda e a terceira dose é aplicada após 180 dias da primeira. O público que julgamos mais difícil de captarmos para imunização são os adolescentes, que quando se vacinam, não completam o ciclo correto das três doses”, explicou Sândalas Teles.

O número de vacinas aplicadas durante a ação no shopping Rio Mar foi motivo de surpresa para os técnicos da Secretaria de Saúde de Aracaju, que estavam aplicando as doses. “Entre 10h e 15h já aplicamos a vacina em 200 pessoas e esperamos alcançar 400 aplicações”, disse Marília Uchôa, enfermeira técnica do programa DST/Aids e Hepatites Virais da capital.

A manicure Clécia Dilis, que trabalha em um salão de beleza da capital, aproveitou uma brecha na agenda e foi até o local de vacinação. Ela lembrou os cuidados que o salão de beleza e as clientes devem ter para não contrair a doença. “Recomendamos para nossas clientes que cada uma leve seu material para o salão quando forem fazer as unhas. Quando elas não levam, usamos o material do salão que é lavado com água e sabão, submetido ao álcool 70% e a autoclave para que não fique contaminado”, afirmou Clécia Dílis.

Hepatites

A importância da vacinação contra a doença foi lembrada pelo coordenador do Programa Municipal de DST/Aids e Hepatites Virais de Aracaju, Andrey Lemos. “A hepatite é uma doença silenciosa e na grande maioria dos casos ela não apresenta sintomas ou sinais. Muitas pessoas não sabem que possuem a doença, por isso, a gente tem de esclarecer dúvidas sobre a doença e ampliar a cobertura vacinal e o acesso ao tratamento”, disse Lemos.

Os sintomas da hepatite são icterícia (coloração amarelada dos olhos), náuseas, vômitos, intolerância a certos alimentos e odores, dor abdominal, urina escura e fezes claras. O diagnóstico pode ser feito em qualquer UBS e o tratamento é realizado no Serviço de Hepatologia do Hospital Universitário (HU). Já os medicamentos são fornecidos gratuitamente pelo Centro de Atenção à Saúde de Sergipe (Case), serviço gerido pela SES.

Fonte: Faxaju

Post relacionado

Deixe uma resposta