Menu fechado

Entre as maiores causadores do esporão então a obesidade e o uso de calçados inadequados

Osteopatia, associada ao uso de palmilhas posturais, não só trata como também previne o problema

Obesidade, desequilíbrios posturais e musculares, encurtamento, diferença do comprimento de membros, alteração no arco plantar (pé cavo ou pé plano) e utilização de calçados inadequados estão entre as principais causas do esporão no calcanhar que acomete pessoas entre 40 e 50 anos, principalmente, mulheres.

Dr. Felipe Yamaguchi, fisioterapeuta e osteopata da Clínica Reacciona de Piracicaba, explica que “o esporão de calcâneo faz parte do quadro de fasceíte plantar e se caracteriza por uma evidência óssea de base larga e espessa com extremidade pontiaguda que se implanta na tuberosidade do calcanhar”.

De acordo com o especialista, o problema surge através das tensões que a musculatura plantar ou dos músculos da panturrilha exercem no osso calcâneo. Para o osteopata Gabriel Boal, “o indivíduo que apresenta esta patologia tem como principal sintoma a dor na planta dos pés, principalmente ao acordar, após atividade física prolongada ou quando permanece na posição bípede por muito tempo”, salienta.

Tem como prevenir?

A osteopatia, uma terapia manual que tem como ênfase a integridade estrutural e funcional do corpo e é utilizada para diagnosticar e tratar uma grande variedade de problemas, juntamente com as palmilhas posturais, contribui tanto no tratamento como na prevenção do problema. “A técnica osteopática ajuda a devolver a mobilidade e a função ao corpo de forma geral e, automaticamente, as tensões que geraram o esporão irão desaparecer junto com a dor. Outra forma de atuação são as palmilhas posturais e proprioceptivas que eliminam as pressões nos locais de dores e melhoram ainda a postura e os desequilíbrios musculares”, diz Dr. Yamaguchi.

Para Dr. Boal, que também é profissional da Clínica Reacciona, “não é uma patologia tão comum como hérnia de disco ou lombalgia, mas acomete boa parte da população”.

Por isso, o objetivo do tratamento osteopático é eliminar a causa do esporão e, consequentemente, tem-se a melhora das dores. Dr. Felipe Yamaguchi afirma que “o tempo médio para colher resultados positivos é de um mês, sempre associando o tratamento com as palmilhas proprioceptivas”.

E acrescenta: “Uma vida com hábitos saudáveis, atividade física, boa alimentação e o corpo funcionando adequadamente, é uma ótima maneira de prevenção para qualquer doença”, conclui.

Sobre a Clínica Reacciona

Coordenada pelos fisioterapeutas Felipe Yamaguchi e Gabriel Boal, a Clínica Reacciona foi idealizada e projetada para oferecer um atendimento de qualidade em um ambiente tranqüilo e aconchegante. Sinônimo de bem estar, o espaço conta com todas as ferramentas necessárias e os equipamentos mais modernos para proporcionar um tratamento eficaz e definitivo. A equipe da Clínica Reacciona é composta por profissionais formados e especializados nas áreas de Osteopatia, Fisioterapia, RPG (Reeducação Postural Global), Acupuntura e Nutrição. Todos, com um amplo currículo, estão prontos e aptos a apresentarem os melhores resultados dentro das funções estabelecidas, sempre visando o bem estar e a melhora do paciente. A ética profissional, a competência e o conhecimento adquirido através de anos de estudo e dedicação, fazem da Clínica Reacciona um espaço completo e totalmente capacitado.

Fonte: Segs

Post relacionado

Deixe uma resposta