Menu fechado

Cresce o numero de pessoas com diabetes na Roraima

A estimativa do Ministério da Saúde é que 7,6% da população adulta de Roraima vivem com complicações clássicas do diabetes. Em alusão ao Dia Mundial do Diabetes, 14 de novembro, o Hospital Coronel Mota fará uma ação de saúde neste sábado, 19, com o objetivo de descobrir novos casos e oferecer atendimento às pessoas que desenvolveram a doença.

A ação de saúde ocorre das 7 às 13h. Os pacientes passarão por uma triagem, na qual será verificada a pressão arterial, glicemia, peso, altura e o Índice de Massa Corpórea (IMC). A programação terá consultas e palestras educativas com profissionais.

Os pacientes que apresentarem valores alterados nos resultados de glicemia serão encaminhados aos endocrinologistas, oftalmologistas, nefrologistas, cirurgiões vasculares, nutricionistas e uma técnica podóloga. A estatística do HCM é mais de 8 mil cadastrados.

Os casos mais comuns de diabetes são classificados como a do Tipo 2, pacientes que não necessitam do uso de insulina, a do Tipo 1, que neste caso, necessita da dosagem de insulina para viver e, por fim, a diabete gestacional, adquirida durante a gestação.

Cesar Ferreira, endocrinologista, afirma que o fator de risco maior a uma pessoa desenvolver o diabetes é o excesso de peso. “90% dos doentes do tipo 2 sofrem por estarem acima do peso. Roraima é o quinto estado com maior número registrado de pessoas com excesso de peso, sendo a maioria, 41%, homens”, informou.

O médico mencionou que nas crianças também pode aparecer casos da doença. Ele comentou que já chegou a atender duas crianças, uma de 12 e outra de 13, com sintomas que confirmaram a doença, com a alteração da glicose e devido ao peso de ambas.

Fonte: BVNews

Post relacionado

Deixe uma resposta