Menu fechado

Combate a obesidade infantil começará nas escolas

Com o objetivo de reduzir os índices de obesidade infantil, foi lançada ontem, em Belo Horizonte, a primeira Semana Nacional de Mobilização da Saúde na Escola. O projeto é uma parceria dos ministérios da Saúde e da Educação e deve atender 5 milhões de alunos de 22 mil escolas em mais de 2 mil municípios brasileiros. Na capital, 169 escolas municipais e 147 centros de saúde.

Até sexta-feira, os estudantes vão participar de oficinas, palestras e teatros com temas relacionados à alimentação saudável. Para o secretário nacional de Atenção à Saúde, Helvécio Magalhães, o quadro futuro da obesidade infantil no país é preocupante.

“É uma bomba relógio. Um terço das crianças brasileiras de cinco a nove anos já tem peso excessivo, acima do normal. E um quinto de dez a 19 anos”, afirma. A semana é uma das ações do programa saúde na escola, que existe desde 2008.

Apesar do foco principal ser o combate à obesidade, o secretário destaca que o programa atua também na prevenção de outros problemas. “O objetivo é que todos os alunos sejam avaliados para que, além da nutrição, de sobrepeso, sejam identificados precocemente, hipertensos e crianças com colesterol elevado”, ressalta.

Fonte: Correio do Estado

Post relacionado

Deixe uma resposta