Menu fechado

Sedentarismo acarreta 2 mi de mortes no mundo

A inatividade física é responsável por aproximadamente 2 milhões de mortes no mundo. Anualmente, estima-se que ela seja atribuída a 10% a 16% dos casos de cânceres de colo e mama e de diabetes; e 22% das doenças isquêmicas do coração. Nos EUA, o sedentarismo associado a uma dieta inadequada acarreta cerca de 300 mil mortes por ano, segundo informações do Center For Disease Control and Prevention (CDCP).

De acordo com o programa da Organização Mundial de Saúde (OMS) – Estratégia Global para Dieta, Atividade Física e Saúde, é recomendado que indivíduos se envolvam em níveis adequados de atividade física e que esse comportamento seja mantido para a vida toda. Diferentes tipos, freqüência e duração de atividade física regular, de intensidade moderada, na maioria dos dias da semana, reduz o risco de doenças cardiovasculares, diabetes, câncer de colon e mama.

A inatividade física não representa apenas um risco de desenvolvimento de doenças crônicas, mas também acarreta um custo econômico para o individuo, para a família e para a sociedade. Segundo dados do CDCP, só nos EUA, em 2000, o sedentarismo foi responsável pelo gasto de 76 bilhões de dólares com custos médicos, mostrando assim que seu combate merece prioridade na agenda de saúde pública.

Por Solange Bagdadi

Fonte: DG ABC

Post relacionado

Deixe uma resposta