Menu fechado

Mudanças nos hábitos alimentares agrava casos de obesidade infantil no Brasil

Segundo um relatório divulgado pela Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009, do IBGE, indica que casos de obesidade no Brasil, mais do que quadruplicaram entre crianças de 5 a 9 anos, chegando a 16,6% entre meninos e 11,8% nas meninas. De acordo com uma reportagem feita pelo site “BBC Brasil”, estatísticas apontam que a obesidade infantil cresce mais rapidamente no país, e o cenário é agravado por mudanças nos hábitos alimentares, ampla oferta de produtos hipercalóricos e menos atividades nas horas de lazer preocupa médicos que lidam com o problema.

Hoje em cada três meninos e meninas de 5 a 9 anos, um está acima do peso ideal para a idade. Mas tal gravidade pode ser encontrada entre pessoas de 10 a 19 anos, onde o excesso de peso gira em torno de 20%. Considerando as crianças com excesso de peso, o problema ainda é maior, o sobrepeso mais do que dobrou entre meninos e triplicou entre as meninas.

Especialistas informam que mudanças no padrão alimentar e redução da prática de atividades físicas, ajudam a agravar o problema da obesidade infantil.

Fonte: SRZD

Post relacionado

Deixe uma resposta